Uma quadrilha que atuava no interior do Ceará foi desarticulada pela Polícia Civil. Os integrantes praticavam os crimes de saidinha bancária e depois passaram a cometer sequestros. Durante as investigações, foram presas três pessoas. Ontem, foram presos outros nove suspeitos e uma menor de 16 anos foi apreendida. A operação continua em curso, pois há cinco foragidos, entre eles o líder da quadrilha.

O grupo começou a ser investigado há cerca de três meses, quando um comerciante foi sequestrado em Limoeiro do Norte. Sua casa foi invadida e ele ficou com os sequestrados por um dia. No dia 12 de junho, outro comerciante desapareceu, e foi liberado apenas dias depois. A mesma quadrilha é suspeita de ter agido nos dois casos.