Brasília (AE) – As próximas eleições para a Câmara dos Deputados serão marcadas pela manutenção da força dos principais partidos. Segundo projeções de especialistas, PMDB, PT, PFL e PSDB vão continuar hegemônicos dentro da Câmara. O PMDB deve reproduzir sua força na eleição de governadores, conseguindo também a maior bancada, obtendo de 91 a 114 deputados. Na votação passada, em 2002, o PT ficou com o maior número de deputados.

Conforme estimativa feita pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) e pelo site Congresso em Foco, a renovação dos deputados deve ser menor do que se esperava. Apesar do envolvimento de muitos dos atuais parlamentares nos escândalos do mensalão e na máfia das ambulâncias, mais de 300 deputados federais, dos 513 atuais, têm boas chances de se reeleger, conforme o levantamento. A projeção prevê também a eleição de parlamentares acusados de participação nos últimos escândalos.