Sorocaba – Mesmo sem poder andar, o preso Ednaldo Campos da Silva, de 40 anos, conseguiu fugir, terça-feira do Hospital Regional de Sorocaba, onde estava internado havia 12 dias. Ele usou uma cadeira de rodas para sair do quarto, no primeiro andar, driblar a vigilância e ganhar a rua sem ser barrado. Para escapar, o preso aproveitou um descuido do agente de segurança penitenciária encarregado de vigiá-lo, desceu pelo elevador e passou pela portaria sem chamar a atenção. Pilotando a cadeira de rodas, rodou por várias ruas, até ser detido pela Polícia Militar na Avenida Dom Aguirre, a 800 metros do hospital. Silva só foi recapturado porque um motorista de táxi desconfiou ao vê-lo usando o uniforme de presidiário. O preso tentou convencer o taxista a levá-lo até uma cidade vizinha.