Preso em flagrante por tráfico de drogas, Dejilson de Freitas Pinto, de 28 anos, aproveitou um descuido dos policiais e fugiu pela porta da frente da delegacia da Polícia Civil, nesta quinta-feira, 2, em Salto de Pirapora, no interior de São Paulo. Quando deram falta do suspeito, os dois policiais civis que estavam no local saíram em busca, mas Dejilson já tinha desaparecido. A fuga está sendo investigada pela Corregedoria da Polícia Civil.

De acordo com o delegado Gilberto Montenegro Costa Filho, o suspeito foi preso pela Polícia Militar, vendendo drogas no bairro Jardim Teixeira, na companhia de um adolescente. Com ele, foram apreendidas pedras de crack e porções de cocaína. Levados à delegacia, o menor foi ouvido e liberado, mas Dejilson foi autuado em flagrante e ficou detido.

Enquanto aguardava transferência para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba, ele pediu para ir ao banheiro. O policial civil liberou o suspeito, que estava preso pela algema a uma barra de ferro, e permitiu que usasse o sanitário. Ao sair do banheiro, Dejilson caminhou até a porta da frente e ganhou a rua.

Segundo o delegado, houve um descuido dos policiais. Dejilson é considerado foragido.