enkontra.com
Fechar busca

Brasil

Porto de Santos, em SP, recebe operação-padrão

Policiais federais fazem desde as 10h de hoje operação-padrão no porto de Santos (no litoral de São Paulo). O reforço na fiscalização acontece no terminal de cargas e faz parte dos atos promovidos pela greve da categoria, que atinge todo o país desde anteontem.

Segundo Alexandre Santana Sally, presidente do Sindolf (Sindicato dos Servidores da Polícia em São Paulo), a intensificação da fiscalização já provocava atrasos na saída das embarcações e no desembarque das cargas por volta das 11h, mas ainda não havia registro de filas de navios no local.

Ele afirmou que a operação-padrão não tem hora para terminar e que a demora deve provocar filas no porto ainda na tarde de hoje. Ainda em São Paulo, está programado para as 16h30 operação-padrão no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (na Grande São Paulo).

Por volta das 10h50, ocorria ainda operação-padrão no aeroporto Afonso Pena, na região metropolitana de Curitiba. Cerca de 20 agentes estavam no local reforçando a fiscalização e havia filas e atrasos no aeroporto, de acordo com o presidente do sindicato da PF no Estado, Fernando Viventini.

Durante a operação, foi apreendido ainda 6.000 comprimidos de ecstasy. “Esse tipo de fiscalização, que flagrou toda essa droga, deveria ocorrer todos os dias, mas a gente não tem pessoal suficiente”, afirmou Viventini. O protesto no local deve terminar no fim da manhã de hoje.

Com a greve dos agentes, escrivães e papiloscopistas, a emissão de passaportes está prejudicada desde anteontem. Em Estados como Rio Grande do Sul, Paraná, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco e Ceará, a emissão de passaportes foi reduzida quase a zero.

Em São Paulo, o sindicato estima que no Estado todo haja uma queda de 30% na emissão de passaportes, cuja média diária é de 2.000.

Apesar disso, a Superintendência da PF em São Paulo disse que haverá pelo menos o “efetivo mínimo” trabalhando no setor de passaportes e que estão sendo remanejadas pessoas para atender o público. Só em junho, a PF em São Paulo emitiu 14.356 passaportes.

Quem já pagou as taxas para a retirada do documento e não for atendido terá de remarcar data para pegar o passaporte, o que pode ser feito pelo site da PF. Apenas passaportes de urgência estão sendo emitidos e só os que já estão prontos serão entregues.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas