Brasília – Servidores da Polícia Rodoviária Federal (PRF) anunciaram que devem realizar, na quarta-feira (19), uma operação padrão nas rodovias federais (as BRs) de todo o país. O objetivo é chamar a atenção da população para as reivindicações da categoria.

Os policiais rodoviários federais negociam desde agosto com os Ministérios do Planejamento, Orçamento e Gestão e da Justiça, mas a negociação foi paralisada após três mesas-redondas. Por isso, os policiais estão realizando operações desse tipo.

No Distrito Federal (DF), nesta sexta-feira (14), os carros que circulavam na BR-040 e na BR-450 entre 7h30 e 10 horas tiveram que aguardar por horas na via enquanto os policiais abordavam a todos.

O presidente do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais do DF, José Nivaldino Rodrigues, disse que, como o governo federal não retomou a negociação, na quarta-feira a operação se repetirá em todos os estados.

As principais reivindicações da categoria são: exigência de nível superior para ingresso na carreira; contratação de 10 mil novos policiais (o que praticamente dobraria o efetivo, que é hoje de 10.098 homens); reestruturação de carreira para absorção do novo efetivo e correção do salário-base, que foi reduzido 16% no ano passado (caiu de R$ 5.800 para R$ 5.084); e 30% de reajuste, em três parcelas anuais, até 2010.