A PM do Rio prendeu ontem um homem suspeito de participar da morte do policial federal aposentado Jonas Climaco da Cunha, 56, durante um assalto no dia 23 de setembro no Engenho de Dentro, na zona norte da cidade.

Três dias depois do crime, um outro suspeito de participar do crime foi preso. O rapaz, de 22 anos, foi entregue à polícia pelos pais após ter a foto divulgada.

O crime ocorreu no começo da tarde do dia 23, por volta das 12h30, na rua Doutor Leal. Cunha e o sobrinho Eduardo Climaco Brites, um sargento do Corpo de Bombeiros, estavam em um Crossfox vermelho quando foram abordados por dois homens e uma moto. O policial federal aposentado reagiu ao assalto e foi baleado na cabeça. Brites levou tiros na boca e no ombro.

O homem preso ontem pela PM também é suspeito de ter participado da morte de um policial militar dentro de um hospital no Méier, em março deste ano, de acordo com a Divisão de Homicídios.