Rio – A polícia pediu para a que a filha mais velha do casal Michelle e Todd Staheli, de 13 anos, não deixe o País antes de prestar depoimento formal sobre o espancamento sofrido pelos pais dela no domingo. Os quatro filhos do casal estavam em casa na hora do crime, mas disseram que nada ouviram. Peritos usarão substâncias químicas para detectar manchas de sangue numa passagem secreta encontrada na casa das vítimas. A Polícia também está investigando a carta que Michelle escreveu para a filha mais velha. O corpo do executivo norte-americano da Shell Zera Todd está sendo embalsamado no laboratório da Santa Casa de Inhaúma, no Rio de Janeiro. Segundo técnicos da Santa Casa, o serviço levará mais 24 horas para ficar pronto e só então começará o translado para os EUA, onde será sepultado. De acordo com o hospital Copa D?Or, piorou o estado de saúde de Michelle. Ela passou por uma nova cirurgia na tarde de ontem, mas não responde mais a estímulos neurológicos. Os médicos consideraram o quadro irreversível.