Cerca de 50 policiais militares do Batalhão de Choque permanecem no entorno da Favela da Rocinha, em São Conrado, zona sul do Rio Dee Janeiro, na manhã desta quarta-feira, antes da ocupação da área para a implantação de uma nova Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), ainda sem data definida.

A operação têm o objetivo de coibir irregularidades e a saída maciça dos traficantes. Os policiais fazem rondas pelo bairro, revistando veículos e vans. Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Rio, o procedimento é considerado padrão antes do início de uma instalação de UPP em comunidades.