Mais de 10 mil produtos piratas, como CDs e DVDs de jogos, foram apreendidos na segunda-feira (6) por policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM), no Mercado Popular de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro.

Com o apoio da Associação Brasileira de Empresas de Softwares (ABES), os agentes foram até o camelódromo, onde apreenderam as mídias falsificadas, além de roupas de marcas e de times, relógios, óculos, bonés, bolsas e tênis. Todos os responsáveis pelos boxes foram identificados e responderão criminalmente por violação de marcas e de direitos autorais.