Rio – Dois rapazes morreram e outros dois foram presos durante confronto entre 70 homens da Polícia Militar e traficantes, na manhã de ontem, nos Morros do Dendê e do Querosene, Ilha do Governador, no Rio. O governo preparou uma grande operação – com equipes de quatro batalhões, apoio de um helicóptero e do novo dirigível da Secretaria da Segurança – para invadir o Dendê, onde um cabo da PM foi morto na segunda-feira. Apesar desse aparato, o tenente-coronel Alcides Menezes, do 17.º Batalhão de PM, qualificou a operação como “de rotina”.

Pelo menos 20 moradores do Morro do Querosene, separado do Dendê por uma rua, acusaram PMs do 17.º Batalhão de terem espancado dois homens desarmados, executando-os em seguida.