Uma quadrilha ligada ao comércio de drogas interestadual foi presa ontem em um lava-rápido em Belo Horizonte, MG, quando transportava 340 quilos de maconha que seriam distribuídos no Rio de Janeiro. Oito pessoas foram presas.

Após meses de investigação, a Delegacia de Repressão a Entorpecentes da Polícia Federal apurou que nesta semana seria entregue um grande carregamento de drogas na capital mineira, mercadoria que depois seria levada ao Rio para venda e distribuição.

A droga estava em um fundo falso de uma das carrocerias de um caminhão bi-trem, que chegou ao lava-rápido durante a madrugada de ontem. Um dos detidos, o motorista do caminhão, confessou que saiu do Paraná na semana passada em direção a Belo Horizonte para entregar a droga a traficantes locais e do Rio. Ele disse ainda que receberia R$ 7 mil pelo serviço.

A Polícia Federal também apreendeu três carros, um caminhão, além de aparelhos celulares, dinheiro, cartões e anotações que serão devidamente analisadas. Os presos foram levados à Penitenciária Nelson Hungria, onde ficarão à disposição da Justiça.