A Polícia Federal (PF) apreendeu no último sábado, 19, 14 mil comprimidos de ecstasy no Aeroporto Internacional de Belém. As drogas foram achadas na lixeira de um banheiro na área de desembarque.

De acordo com a assessoria de imprensa da PF, o mais provável é que as pessoas que transportavam os comprimidos os tenham abandonado após perceber que seriam inspecionadas pelo raio-x. Ninguém foi preso. O ecstasy é fabricado na Europa e sua entrada no país nessa época do ano geralmente está associada ao consumo da droga durante o carnaval.