enkontra.com
Fechar busca

Brasil

Petista pedófilo pega pena pesada

  • Por Redação O Estado Do Paraná

Rio Branco – A Justiça do Acre condenou a 34 anos de prisão em regime fechado, por pedofilia, o poeta Antônio Manoel Rodrigues Camelo. Em novembro do ano passado, a Polícia Federal encontrou na casa do poeta centenas de fotografias e negativos onde ele aparecia fazendo sexo com adolescentes. Fundador do PT no Acre e tido como um dos intelectuais do partido, Antônio Manoel exercia o cargo de subsecretário da Juventude do governo Jorge Viana quando o caso foi descoberto.

O poeta foi expulso do partido e exonerado do cargo. Antônio Manoel foi preso no mesmo mês de novembro, depois que a mãe de uma menor de 11 anos apresentou denúncia ao Juizado da Infância e da Adolescência, acusando-o de ter estuprado sua filha. O estupro foi confirmado através de exame. A violência a que menina foi submetida foi tão grande que os médicos tiveram que retirar o útero e refazer a vagina da garota. Antônio Manoel foi julgado no dia 16 pela 3.ª Vara Criminal de Rio Branco. O juiz Raimundo Nonato Maia comandou o julgamento que aconteceu em segredo de justiça. Antônio Manoel pode recorrer da sentença, mas vai permanecer no presídio Doutor Francisco de Oliveira, em Rio Branco, onde está desde o fim do ano passado.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas