A Policia Militar Ambiental autuou em R$ 12 mil um pescador profissional por construir em área de preservação, no Rio Paraguai, em Mato Grosso do Sul, na tarde de ontem. O pescador construiu um rancho de pesca dentro da área de vegetação, no distrito de Albuquerque.

Com ele também foram encontradas munições de armas de caça, crânio e fotos de animais silvestres abatidos. Ao todo foram apreendidas 55 munições calibre 22 e 11 cartuchos de espingarda calibre 16, que normalmente são utilizadas em caça.

O pescador foi conduzido para a delegacia da Polícia Civil de Corumbá, onde foi multado e autuado em flagrante por crime ambiental e posse ilegal de munições. Se condenado, a pena pode chegar a sete anos de detenção.