O advogado Iberê Bandeira de Melo disse nesta terça-feira (12) que o telefonema de José Ferreira da Silva, o Frei Chico, a Genival Inácio da Silva, o Vavá, ambos irmãos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, gravado pela Polícia Federal dia 20 de maio, foi apenas um "diálogo entre irmãos". "É um diálogo de irmão para irmão, visando proteger o Vavá", explicou Melo.

Segundo ele, Frei Chico estava em Brasília e soube de um boato de que uma revista iria publicar uma matéria contra seu irmão, o Vavá. "Liguei pra prevenir o presidente da suposta matéria que poderia incriminar o Vavá e o Frei Chico queria se reunir com o presidente para saber como agir", disse, acrescentando que Lula também estava "preocupado com a cirurgia de varizes do Váva.

Melo disse ainda que Frei Chico não tem que se defender de acusação nenhuma. "Ouvi as gravações várias vezes e não há nada de imoral nelas", afirmou o advogado.