O acidente com o jato Learjet 35, que caiu de bico ontem sobre quatro casas na zona norte de São Paulo, foi causado por uma "pane incontrolável". A afirmação foi feita nesta segunda-feira (5) pelo presidente da Associação de Pilotos e Proprietários de Aeronaves (APPA), George Sucupira.

O jato decolou do Campo de Marte na tarde de ontem e caiu de bico em uma casa, atingindo outras três. Oito pessoas morreram com o acidente – o piloto e o co-piloto que estavam na aeronave e seis pessoas de uma mesma família, que estavam na residência atingida.

Para Sucupira, não existe motivo para que os moradores da Rua Bernardino de Sena tenham medo. Segundo ele, um acidente como o de ontem não é comum. O presidente da APPA afirmou que, provavelmente, uma espécie de pane incontrolável teria causado o desastre.

"Primeiro, a área da rua não é rota de aviões. Eles não passam por lá. Segundo, nenhum piloto faria um pouso de bico em condições normais. Ele saberia que a chance de sobrevivência seria zero", afirmou. "Normalmente, em panes, os pilotos procuram um rio, uma rua larga, para aumentar as chances de sobrevivência. Uma pane incontrolável deve ter acontecido.

Os moradores da Rua Bernardino de Sena, no bairro Casa Verde, viviam hoje um misto de comoção e preocupação. Uma multidão se formou nas imediações do acidente para acompanhar os resgates nos escombros. A maioria dos vizinhos não conseguiu dormir por causa do barulho dos trabalhos dos homens do Corpo de Bombeiros.