A paciente paulista internada com febre amarela no Hospital São Luiz, em São Paulo, tem boa evolução clínica, segundo a assessoria de imprensa da instituição, mas não há previsão de alta. O Hospital São Luiz não divulga o nome da paciente, uma mulher de 42 anos.

Esse é o primeiro caso de febre amarela na cidade desde 2000, e o segundo confirmado pelo Ministério da Saúde desde o início do ano. No último dia 6, a mulher foi hospitalizada, com febre, náuseas, vômitos e mal-estar. A doença teria sido contraída em Mato Grosso do Sul, onde a paciente esteve no final de 2007.