Os primeiros flocos de neve do inverno de 2013 foram registrados na madrugada desta segunda-feira (22) em São Joaquim, no Planalto Sul e em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina. O fenômeno durou cerca de 10 minutos na madrugada e nas primeiras horas da manhã, com acúmulo gerando alegria para os milhares de turistas que se deslocaram para a região para testemunhar a precipitação.

A previsão é de que ele venha a se repetir com mais intensidade no decorrer do dia em outras cidades das regiões mais altas do Estado. O primeiro registro de neve foi feito às 04h30 em São Joaquim. Meia hora mais tarde, surpreendentemente, os operadores meteorológicos do aeroporto de Chapecó relataram a ocorrência de neve na cidade no momento em que a temperatura era de 3ºC. É raríssimo ocorrer neve em Chapecó. Pinhalzinho e São Miguel do Oeste, na mesma região, também tiveram registros de neve.

O frio intenso está sendo provocado por uma fortíssima onda de frio que chegou no Brasil entre a noite de domingo e madrugada de segunda-feira. Até por volta das 6 horas da manhã, grande parte do Rio Grande do Sul, o Centro-Oeste e o Sul de Santa Catarina e do Paraná registraram temperaturas abaixo de 5ºC. O frio intenso, combinado com a persistência da umidade elevada é a combinação necessária para favorecer a queda de neve ao longo do dia em áreas de planalto, serras de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e do Paraná.

Curitiba

De acordo com Vanessa D´Avila, do Instituto Tecnológico Simepar, em Curitiba o dia mais frio será na quarta-feira. “A temperatura deverá cair bastante nos próximos dias. Na terça-feira poderemos ter 3ºC em Curitiba e, na quarta-feira, zero grau”, explicou.

A neve é prevista para as cidades localizadas mais ao Sul do Estado, como Palmas, União da Vitória e General Carneiro.