A Infraero informou que o Aeroporto de Congonhas foi fechado pela segunda vez para pousos. Assim como no início da manhã o motivo é a forte neblina que ocorre na região e atrapalha a visibilidade. As decolagens prosseguem normalmente. O último balanço divulgado pela empresa aponta que, entre 6 e 11 horas, 44 dos 90 vôos programados foram cancelados e outros 11 tiveram atrasos superiores a uma hora.