O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) invadiu a Fazenda Coqueiros, a 300 quilômetros de Porto Alegre (RS), pela nona vez em três anos, na madrugada de hoje. Segundo nota distribuída pelo movimento, cerca de 1,5 mil pessoas participam da ocupação, que exige a desapropriação da área de 7 mil hectares e o assentamento de mil famílias no Rio Grande do Sul até abril deste ano, conforme promessa feita pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no final do ano passado.

Localizada em Coqueiros do Sul, a 300 quilômetros de Porto Alegre, a Fazenda Coqueiros pertence aos irmãos Félix e Vera Guerra e produz soja, milho e trigo. No ano passado, a ouvidoria agrária nacional avisou o MST que a área é considerada produtiva e por isso não pode ser desapropriada.