enkontra.com
Fechar busca

Brasil

Ministro da Justiça

Moro promete ir ao Senado pra falar sobre celular hackeado e mensagens vazadas

  • Por Kelli Kadanus - Gazeta do Povo
Foto: Rodrigues Pozzebon/Agência Brasil
O ministro Sergio Moro se dispôs a ir ao Senado para esclarecer dúvidas que os senadores tenham sobre o suposto vazamento de mensagens. Foto: Rodrigues Pozzebon/Agência Brasil

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, vai à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, no próximo dia 19, prestar esclarecimentos sobre as mensagens divulgadas no último fim de semana pelo site The Intercept. A informação foi confirmada nesta terça-feira (11) pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), no Twitter.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Moro esteve no Senado na tarde desta terça-feira (11). A visita não estava na agenda oficial do ministro. Segundo Alcolumbre, o próprio ministro se dispôs a comparecer na CCJ para prestar esclarecimentos.

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB) sugeriu uma audiência pública e a presidente da CCJ, senadora Simone Tebet (MDB-MS), agendou a oitiva de Moro para a próxima quarta-feira, dia 19 de junho, às 9 horas.

+ Leia mais: Plenário do STF vai analisar prisão em 2ª instância

“Manifestamos nossa confiança no ministro Sergio Moro, certos de que esta será uma oportunidade para que ele demonstre a sua lisura e correção como juiz federal, refutando as críticas e ilações a respeito de sua conduta à frente da Operação Lava Jato”, disse Bezerra em um ofício encaminhado a Alcolumbre.

O ministro deve ser indagado sobre as notícias divulgadas pelo site The Intercept no último domingo (9). O site publicou uma série de supostas mensagens entre o coordenador da Lava Jato no Ministério Público Federal (MPF) de Curitiba, Deltan Dallagnol e demais membros da força-tarefa. Há mensagens em que Dallagnol trataria de detalhes das investigações com o então juiz do caso, Sergio Moro.

Reunião com Bolsonaro

Até agora, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) tem buscado não trazer a polêmica envolvendo Moro para dentro do Palácio do Planalto. Na manhã desta terça-feira (11), o presidente se reuniu com o ministro para tratar do assunto no Planalto.

+ Leia mais: Redução gradual do número de cobradores de ônibus é aprovada por vereadores

Em seguida, os dois foram à Cerimônia de Comemoração do 154º Aniversário da Batalha Naval do Riachuelo. O ministro da Justiça foi condecorado pelo presidente no evento, com a Medalha do Mérito Naval.

CPI do vazamento

Nesta terça-feira (11), os deputados federais Filipe Barros (PSL-PR) e Carlos Jordy (PSL-RJ) apresentaram um requerimento para a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar “a interceptação e violação de sigilo de dispositivos celulares dos membros do Ministério Público Federal participantes da Operação Lava Jato, ministro da Justiça, Sergio Moro e demais autoridades”.

A Polícia Federal também investiga a suposta ação de hackers que invadiram os celulares dos membros da Lava Jato.

Governo consegue crédito extra que ‘salva a pele’ de Bolsonaro

 

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

20 Comentários em "Moro promete ir ao Senado pra falar sobre celular hackeado e mensagens vazadas"


Adriano
Adriano
6 dias 1 hora atrás

Juiz desprezível que investigou a corrupção cometida por uma partido só, deixando a dos outros partidos amigos correr solta, que ate hoje rola a mil no cenário nacional

Rogerio Luiz
Rogerio Luiz
5 dias 17 horas atrás

Adriano sspera ficar sóbrio para comentar aqui, senão vc vai continuar a escrever estas asneiras …

fernando. fernando
fernando. fernando
6 dias 1 hora atrás

vai de informar adrianinha…foram presos políticos de mais de 45 partidos…acorda e pare de escrever besteiras..

Adriano
Adriano
6 dias 1 hora atrás

Houve uma escuta em que se fala o que foi feito contra Lula, alguem ainda aparece pra defender esse sujeito aí, mas não se preocupem, alienados políticos, com juízes ou ex-juízes a lei no país protege de tudo quanto é jeito, não esquentem a cabeça amigos, não vai dar em nada esse lance aí da escuta

Rogerio Luiz
Rogerio Luiz
5 dias 17 horas atrás

Adriano Zumbi Ameba, não foi feito nada contra o LULADRÃO que ele mesmo não criou, as escutas só vem para confirmar toda as falcatruas do LULADRÃO e sua corja de bandidos, acorde ameba.

fernando. fernando
fernando. fernando
6 dias 1 hora atrás

Adrianinha..não foi escuta..foi um SUPOSTO comentário…eita cada dia aparece um doente mais doente aqui..(está muito frio aí no sta cândida?)

Adriano
Adriano
6 dias 24 minutos atrás

Vc tem a moral de me chamar de Adrianinha de frente pra mim??

Adriano
Adriano
6 dias 1 hora atrás

Houve uma escuta em que se fala o que foi feito contra Lula, alguem ainda aparece pra defender esse sujeito aí, mas não se preocupem, alienados políticos, com juízes ou ex-juízes a lei no país protege de tudo quanto é jeito, não esquentem a cabeça amigos, não vai dar em nada esse lance aí da escuta

fernando. fernando
fernando. fernando
6 dias 1 hora atrás

Dry..pare de escrever tantas besteiras….(ficou sem pão com mortadela hoje?)

Rogerio Reksidler
Rogerio Reksidler
6 dias 2 horas atrás

…não se pode prender bandido e corrupto nesse país aff!!

fernando. fernando
fernando. fernando
6 dias 1 hora atrás

eles tem a proteção da Globo

Julio Cesar
Julio Cesar
6 dias 2 horas atrás

Falou em prender corruptos não em negociar propinas com empreiteiros, nem desviar fundos para uso próprio e muito menos em fazer doações a ditadores de latrinas de terceiro mundo.
PT… O que ainda pode dizer um partido cuja a cúpula está toda na gaiola ou em vias de ir.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas