Baleada na cabeça e na região abdominal por volta das 21h de domingo, em uma falsa blitz montada por bandidos em Botafogo, zona sul da cidade do Rio de Janeiro, a missionária Vitória Lúcia Marques, de 55 anos, morreu nesta madrugada no Hospital Municipal Miguel Couto.

A missionária ocupava um Santana Quantum, no qual também estava um pároco da Igreja Santa Terezinha do Menino Jesus, que fica no mesmo bairro onde ocorreu o crime. Armados de fuzis, bandidos perseguiram o carro da missionária até a Rua da Passagem.

De acordo com a polícia, criminosos faziam um "bonde" para roubar veículos. Dois tiros acertaram Vitória, que estava no banco do carona. O padre foi baleado em um dos braços e levado também ao Miguel Couto. Os bandidos conseguiram escapar.