O apresentador de programas esportivos da TV Record Milton Neves confirmou que seu programa diário "Debate Bola" e o semanal "Terceiro Tempo", que vai ao ar aos domingos, deixarão de ser exibidos no dia 1º de setembro. Outro programa, o "Golaço", exibido na Rede Mulher, também sai do ar no mês que vem. "Não estou saindo da Record, tenho um contrato que ainda tem algum tempo para terminar. O que existe é a necessidade da Record em mexer em sua grade para atrair mais gente. Quer atrair a família não somente os homens, que geralmente gostam de futebol", disse o apresentador. Neves revelou ainda que terá espaço na grade da RecordNews, que vai substituir a Rede Mulher. Na nova emissora de notícias da Rede Record, o apresentador deverá ter um programa de três horas de duração aos finais de semana.

Neves não quis dar detalhes sobre seu contrato com a Record, mas o que se apurou é que se trata de um contrato especial: além de dar ao apresentador um salário mensal, ainda concede participação na área publicitária. O contrato de Milton Neves com a Record terminará em 2010, de acordo com fontes seguras. O apresentador, que também é contratado da Rádio Bandeirantes e da BandNews, aproveitou para negar que tenha recebido uma proposta da TV Bandeirantes para apresentar um programa esportivo. "Isso é um boato que está no mercado há mais de uma semana. Posso garantir que não há verdade nele. Sou amigo da direção da Bandeirantes e não recebi convite algum para apresentar um programa na rede", garantiu.

Ele revelou ainda que recebeu a informação sobre o fim dos programas esportivos da Record há mais de mês e que ficou muito aborrecido, pois as equipes de produção foram dispensadas, embora saiba que alguns serão aproveitados na RecordNews. Sobre a rotina profissional de apresentadores de TV, que vivem ao sabor das mudanças de horários, Neves disse que, na televisão brasileira, com exceção da grade da Globo e dos programas de Silvio Santos, "os apresentadores são como pregos em gelatina". "Posso ser chamado para apresentar outros programas. Basta ser programa em língua portuguesa que posso apresentar com tranqüilidade. O meu contrato ainda tem algum tempo", afirmou. Ele entende também que, se a Record ganhar a concorrência para a transmissão do Campeonato Brasileiro a partir de 2009, a emissora poderá voltar a ter programas sobre o assunto em sua grade. Milton Neves disse ainda que seus programas são líderes de audiência e de faturamento nos seus horários.