Um sargento da Marinha foi preso em flagrante na tarde de anteontem (16), em Corumbá (MS), enquanto tentava se livrar do corpo de uma mulher que havia sido acomodado dentro de uma mala. O terceiro sargento Willian Afonso dos Santos, 29, está preso no Comando do 6º Distrito Naval, sediado na cidade, que fica a 427 km de Campo Grande.

Segundo o boletim de ocorrência, o sargento confessou que matou por asfixia a garota de programa Greice Soares Roque, 26, na noite de quarta-feira em sua própria casa após uma discussão em razão do valor do programa.

O sargento relatou à polícia que, após manter o corpo em casa por dois dias, o colocou numa mala e tentou despejá-lo nas proximidades de um lixão, na região do Assentamento Tamarineiro. Para levar a mala até o local, pediu carona a dois militares da Marinha.

Desconfiados da atitude do colega e do cheiro que exalava da mala, os militares pediram para ver o que havia dentro. Ao ver o corpo, que estava inteiro, deram voz de prisão ao sargento e acionaram a Polícia Militar, que efetivou a prisão.

Na delegacia, Santos confessou o crime e foi indiciado por homicídio doloso e ocultação de cadáver. Se condenado, deve receber pena mínima de 20 anos de prisão.

Depois de prestar depoimento, o sargento foi levado ao 6º Distrito Naval, onde deve permanecer em regime fechado à disposição da Justiça. Ele responderá pelos crimes na Justiça comum, já que os delitos não são de natureza militar.
Em nota, a Marinha do Brasil afirmou que está prestando o apoio necessário à família da vítima.