Recife – Um menor morreu carbonizado anteotem à noite no Centro de Atendimento Sócio Educativo da Fundac, em Cabo de Santo Agostinho. A morte ocorreu doze dias depois de uma rebelião na mesma unidade, que teve o saldo de um adolescente morto, também carbonizado, e dois feridos. Segundo a direção da Fundac, o episódio não teve característica de rebelião, mas de acerto de contas. O corpo do adolescente foi encontrado dentro da cela. Foram usados colchões em chamas para matar o jovem, que ainda não havia sido identificado na manhã de ontem. Agentes de ressocialização da Fundac sentiram cheiro de queimado e ouviram gritos.