Brasília

– Os professores do ensino superior vão receber uma bolsa de cerca de R$ 3 mil para não se aposentarem. A proposta, que está sendo estudada por uma comissão do Ministério da Educação, é para incentivar os mais qualificados a continuarem dando aulas na graduação e na pós-graduação das instituições federais.

A bolsa também servirá para evitar uma corrida à aposentadoria por causa da reforma da Previdência, que está em discussão no Congresso. Este ano, já foram concedidas 500 aposentadorias para professores universitários. O secretário de Ensino Superior, Carlos Roberto Antunes, afirma que a intenção é que esse projeto tenha início ainda no final deste semestre. Deve ser autorizado um total de 300 bolsas.