Os dados divulgados nesta semana do Censo Escolar, mostrando queda nas matrículas, ainda são preliminares, mas o Ministério da Educação (MEC) já identificou alguns casos que vão merecer mais atenção. Há municípios em que o número de alunos chegou a cair quase um terço entre 2006 e este ano. No Piauí, a rede estadual encolheu mais de 15% em apenas um ano, sem que tenha havido migração de alunos em proporção correspondente para escolas municipais.

Os dados preliminares divulgados esta semana pelo MEC apontam uma queda de 2,8 milhões no número de matrículas no sistema público de educação básica do País. A mudança na forma de coleta do censo – agora são as escolas que repassam os dados, identificando cada criança, em vez de dar apenas um número geral de alunos, o que dificulta erros e fraudes – seria, de acordo com o MEC, a principal razão para a queda.