O Ministério da Educação informou nesta segunda-feira, 10, por meio de nota, que foi notificado hoje sobre a liminar obtida pela Anima Educação que suspende os prazos de inscrição de estudantes no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Segundo o MEC, todos os esclarecimentos relativos à distribuição de vagas do Fies para cada instituição de ensino já foram prestados ao juiz. “O MEC, inclusive, solicitou ao Judiciário apreciação com urgência”, diz a nota.

A liminar foi obtida pela Anima Educação na última sexta-feira, 07. A companhia entrou com mandado de segurança no qual questiona os critérios usados pelo MEC para distribuição de vagas do Fies.