enkontra.com
Fechar busca

Brasil

Marinha libera plataforma após suspeita de bomba

A estrutura, fundeada na Bacia da Campos, a mais de 200 quilômetros de Macaé

A Marinha do Brasil anunciou ter autorizado a retomada, a partir das 13 horas deste domingo, 1, das operações de plataforma petrolífera no Campo do Frade, que tinham sido suspensas depois que, na noite deste sábado, 30, foi descoberta uma caixa suspeita de conter material explosivo.

A estrutura, fundeada na Bacia da Campos, a mais de 200 quilômetros de Macaé (RJ), foi liberada depois de uma varredura detalhada nas instalações. O alerta levou o Comando da Marinha a deslocar para o local três embarcações (navio patrulha Oceânico Amazonas, a corveta Barroso e o navio patrulha Gurupá ) e dois helicópteros UH-14 e UH-15.

A Marinha assumiu o controle da plataforma na madrugada, em operação que envolveu 300 militares, até mesmo dois Grupos Especiais de Retomada e Resgate de Mergulhadores de Combate (Gerr-MEC), equipes de Fuzileiros Navais e da Força de Fuzileiros da Esquadra, além de agentes da Polícia Federal (PF) e da Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil (Core).

“A MB está preparada para defender as plataformas petrolíferas, estando de prontidão para responder às possíveis ameaças. Este episódio evidencia a importância de uma Marinha bem-equipada para garantir os interesses do Brasil no mar, naquilo que chamamos Amazônia Azul”, afirmou a Marinha, em nota. A Chevron, majoritária no campo, não divulgou, até o meio da tarde, informações sobre a retomada de operações.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas