Rio – Lágrimas, acenos e expectativa marcaram ontem a partida do segundo contingente de militares que integram a missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) no Haiti. A tropa que embarcou no navio de desembarque de carros de combate Mattoso Maia é composta de 274 militares: 204 fuzileiros navais, 40 homens da Marinha para dar apoio e 30 do Exército. Cerca de 1.500 pessoas se espremeram na base naval da Ilha do Mocanguê, em Niterói (Grande Rio), para se despedir do grupo. Com os olhos cheios

d’água, Elaine Moura Cruz, de 32 anos, segurava a filha de dois anos no colo e dava a mão para o filho de oito, enquanto tentava abraçar o marido, o fuzileiro naval Eli Fernandes.