Neste domingo, 25, será realizada a prova do Revalida para validação dos diplomas de médicos formados no exterior e interessados em trabalhar no Brasil. Os profissionais contratados pelo Mais Médicos, no entanto, não precisarão passar pelo exame.

Mais de 1700 candidatos participam da edição deste ano do Revalida. Em 2012, foram 884 inscritos. A prova tem duas fases – uma objetiva, das 8h às 13h, e outra discursiva, das 15h às 18h – e será aplica em dez capitais: Brasília, Manaus, Salvador, Fortaleza, Campo Grande, Curitiba, Rio Branco, Rio de Janeiro, Porto Alegre e São Paulo.

A aplicação do exame a estudantes do sexto ano do curso de Medicina, como forma de avaliação do Revalida, foi adiada por falta de alunos. Mesmo com a promessa de um incentivo de R$ 400 para participar do pré-teste, apenas 505 dos 2.353 formandos inscritos no pré-teste confirmaram a participação no estudo, segundo o Instituto de Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). A participação dos alunos no exame é voluntária.

Uma nova data ainda será definida pela Instituto, mas a previsão é de que o teste do Revalida só aconteça no primeiro semestre de 2014.