Brasília – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu ordens expressas ao ministro do Trabalho, Ricardo Berzoini, para colocar mais fiscais nas investigações de trabalho escravo no País. A ordem foi dada durante ato ecumênico realizado ontem na Catedral de Brasília em memória dos três fiscais do trabalho e do motorista que os conduzia, assassinados quarta-feira passada em Unaí (MG). “Se três fiscais incomodaram tanto, a ordem é (pôr) mais fiscais, e incomodá-los muito mais, porque não podemos descansar enquanto houver, neste País, alguém voltando a ser escravo de uma Nação que aboliu a escravidão em 1888”, disse Lula, dirigindo-se a Berzoini.