Em meio a uma grave crise no abastecimento de gás natural – que levou a Petrobras a reduzir o fornecimento do combustível no Rio de Janeiro e em São Paulo – o diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Haroldo Lima, foi convocado para uma reunião às 17 horas, no Palácio do Planalto, com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e com a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. A expectativa é de que o ministro interino de Minas e Energia, Nelson Hubner, também participe da conversa.

O tema da reunião não foi confirmado oficialmente, mas as autoridades devem conversar sobre os problemas no mercado de gás natural. Segundo fontes do governo, Lima foi chamado às pressas para a reunião.

Na agenda do diretor-geral da ANP estava previsto, para esta quarta-feira (31), um encontro com empresários na sede da Associação Brasileira da Infra-Estrutura e da Indústria de Base (Abdib), em São Paulo. O compromisso, porém, teve de ser cancelado para que Lima pudesse vir a Brasília. A convocação para a reunião desta quarta-feira chegou ao diretor entre o fim da tarde e o início da noite de ontem (30).