A Federação Brasileira da Indústria Farmacêutica (Febrafarma) conseguiu na Justiça uma liminar para a liberação imediata de medicamentos e insumos farmacêuticos importados e exportados retidos nos portos, aeroportos e fronteiras em decorrência da greve dos auditores fiscais da Receita Federal. A liminar ao mandato de segurança impetrado pela Febrafarma foi concedida pelo juiz Marcelo Rebello Pinheiro, da 1ª Vara Federal em Brasília, no dia 25.

O mandado de segurança impetrado pela Febrafarma beneficia cerca de 270 laboratórios filiados às entidades que compõem a Febrafarma e pretende evitar uma situação crítica na produção da indústria farmacêutica que leve ao desabastecimento de medicamentos, pondo em risco a saúde da população.