O chinês Law Kin Chong, considerado um dos maiores contrabandistas do País, foi preso novamente neste sábado (26) pela Polícia Federal, ainda respondendo por crime de evasão fiscal, com a pratica de contrabando. Esta foi a terceira vez que Law Kin Chong é preso em São Paulo.

Ele foi preso inicialmente em 2007, na operação Shogun, da Policia Federal, sob a acusação de contrabando. Ainda em 2007, Law foi preso pela segunda vez sob acusação de tentar extorquir o deputado Luiz Medeiros. Ele teria oferecido US$ 1,5 milhão, em quatro parcelas, para ter seu nome retirado da CPI da Pirataria.