Rio – A desembargadora Maria Helena Salcedo, da 5ª Câmara Criminal do Rio, negou ontem pedido de habeas corpus em favor do ex-deputado Sérgio Naya, preso desde segunda-feira. A ordem de prisão foi expedida pela 34.ª Vara Criminal. O juiz Caio Ítalo França David mandou prender Naya pelo crime de falsificação de documentos. Ele apresentou uma escritura falsa de venda de uma fazenda em Minas Gerais para conseguir liberá-la do bloqueio de bens determinado pela Justiça para o pagamento das indenizações das vítimas do desabamento do edifício Palace 2. Os advogados de Naya basearam o pedido de habeascorpus na suposta falta de fundamento da prisão, mas a juíza considerou que a decisão anterior foi correta. Agora, os advogados têm de esperar o julgamento do mérito da questão ou recorrer ao Superior Tribunal de Justiça.