A Justiça concedeu um habeas-corpus provisório ao chinês Law Kin Chong, considerado um dos maiores contrabandistas do País, segundo informações da Globo News. Chong havia sido preso em São Paulo pela terceira vez na sexta-feira (18). O chinês responde pelo crime de evasão fiscal, com a prática de contrabando. Em 2007, ele foi preso sob acusação de tentar dar dinheiro ao deputado Luiz Medeiros para ter seu nome retirado da CPI da Pirataria. A primeira prisão do chinês foi em 2007, durante a Operação Shogun da Policia Federal, sob a acusação de contrabando.