Uma jovem morreu na madrugada deste sábado (14) após ser baleada na cabeça e colocada em um táxi por criminosos na Avenida Brasil, na altura de Irajá, zona oeste. Ela foi levada pelo motorista para o Hospital estadual Albert Schweitzer, em Realengo e chegou a ser internada em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos. Sem documentos, a vítima ainda não foi identificada.

A Delegacia de Homicídios da capital (DH) investiga o caso. Agentes da especializada estiveram no hospital. O taxista que transportou a jovem baleada prestou depoimento e foi liberado ainda na madrugada.