O ministro da Defesa, Nelson Jobim, está vistoriando nesta manhã o local onde o Airbus da TAM colidiu com o prédio da empresa, no último dia 17. Jobim subiu numa escada magirus do Corpo de Bombeiros para analisar o piso superior do edifício da TAM Express.

Um pouco antes, ele vistoriou a pista principal do Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, fechada desde o último dia 17, depois do desastre com o avião da TAM. O ministro da defesa desceu a pé da pista principal ao local do acidente, acompanhado por sua comitiva.

Acompanham o ministro o comandante da Aeronáutica, brigadeiro Juniti Saito, o presidente da Infraero, brigadeiro José Carlos Pereira, o superintendente regional da Infraero, Edgar Brandão Junior e os secretários estaduais de São Paulo Luiz Antonio Marrey Filho, da Justiça, e Ronaldo Luiz Marzagão, da Segurança Pública.