O ministro da Defesa, Nelson Jobim, decidiu enviar ao ministro-chefe da Controladoria Geral da União (CGU), Jorge Hage um aviso solicitando a indicação de três nomes de servidores da instituição para compor a comissão responsável por conduzir processo administrativo relativo à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A comissão investigará as circunstâncias nas quais a Anac enviou documento à Justiça Federal, em São Paulo, pedindo a manutenção das operações na pista principal do Aeroporto de Congonhas, apesar de pedido em contrário do Ministério Público. Quando receber os três nomes, o ministro da Defesa instaurará o processo administrativo.