O Ministro da Defesa, Nelson Jobim, se reunirá com o presidente da Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária (Infraero), Sérgio Gaudenzi, para discutir novos nomes para a direção da empresa. Os dois já deixaram claro que essas nomeações irão obedecer critério técnicos. O encontro será no período da tarde.

Amanhã, Gaudenzi, ao lado de ministro Nelson Jobim, participa de uma visita a quatro aeroportos em São Paulo – Congonhas, Guarulhos, Campinas e Jundiaí. Em Jundiaí, Gaudenzi disse que vai verificar a possibilidade deste aeroporto ser mais uma alternativa à Guarulhos e Viracopos, recebendo também vôos transferidos de Congonhas.

Como o aeroporto de Jundiaí é pequeno e não oferece muitas opções de atendimentos a passageiros, o novo presidente da Infraero informou que, se for preciso, pode ser instalado na cidade até mesmo um terminal de passageiros pré-moldado, porque seria mais rápida a conclusão da obra. O governo já havia decidido que o aeroporto de Jundiaí vai receber a maior parte dos vôos da aviação geral que hoje está em Congonhas.