Um instrutor de asa-delta morreu hoje ao cair, logo depois de decolar, em voo-duplo, da Pedra Bonita, em São Conrado (zona sul do Rio).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, Vanderlei Nascimento Coelho, conhecido como Delei, 35, caiu em um terreno na Estrada das Canoas, próximo ao local do salto.

A mulher que o acompanhava -e que ainda não teve o nome informado- ficou presa na asa-delta, em uma árvore, e conseguiu se salvar. Delei, segundo os bombeiros, morreu na hora.

Ao perceber o problema na asa, o instrutor acionou o paraquedas que, segundo os bombeiros que estão no local, não teria funcionado. Uma perícia deverá definir os motivos da queda.

Neste ano, outros acidentes foram registrados no Rio -uma nutricionista de 27 anos morreu em março em um acidente com parapente, e um rapaz fez um pouso forçado em maio, após decolar com asa-delta.

Também em maio, o Ministério Público Federal moveu ação civil pública com pedido de liminar para que a Aeronáutica e a Anac (Agência Nacional de Aviação) realizasse fiscalizações periódicas na rampa de voo livre da Pedra Bonita.