Os representantes das companhias aéreas e autoridades da Infraero se reuniram para tratar de assuntos relativos à criação de uma nova malha aérea. Entre os assuntos, foram discutidas medidas para desafogar o tráfego em Congonhas, na zona sul da capital, e o redirecionamento de escalas e conexões. As empresas têm 60 dias para apresentar um projeto de mudança na malha aérea e devem usar no projeto os aeroportos de Cumbica, em Guarulhos, na Grande SP; Viracopos, em Campinas, interior do Estado; e São José dos Campos, no Vale do Paraíba.