IML entrega à família corpo trocado de uma das vítimas do acidente da TAM

O Instituto Médico Legal (IML) divulgou nota na manhã desta quarta-feira(1) informando que cometeu um erro ao entregar à família o corpo trocado de uma das vítimas do acidente aéreo do Airbus 320 da TAM no dia 17 de julho. Na nota, o IML ?lamenta? a ocorrência do erro e explica que o problema não foi de identificação, ?mas na retirada do caixão lacrado para sepultamento?.

Depois da troca ter sido identificada pelos próprios funcionários do IML, uma equipe foi enviada ontem (31) à noite para informar à família e providenciar a substituição do caixão que, segundo a nota, já aconteceu. A família pediu para que o nome da vítima não fosse divulgado.

O IML ressalta que o erro não compromete o processo de identificação das vítimas do acidente e ?nem envolve uma segunda família, uma vez que não houve troca de caixões, mas entrega incorreta de um corpo ainda não identificado?.

Por fim, na nota o instituto ratifica o empenho de seus funcionários na identificação dos corpos, que até o momento são 119. Ainda falta identificar 80 vítimas de acordo com a lista oficial do Corpo de Bombeiro e da TAM.

?Independentemente das condições dramáticas, conhecidas por todos, em que as identificações estão sendo feitas, o Instituto Médico Legal de São Paulo reitera seu compromisso de continuar trabalhando com dedicação e afinco para assegurar a todas as famílias a entrega dos seus entes queridos para as homenagens finais", termina a nota.

','').replace('

','') -->

Voltar ao topo