Um idosa de 72 anos pode ter sido esganada pela própria irmã, de 75, na cidade de Piracicaba, no Estado de São Paulo. Segundo informações da polícia, que investiga o caso, a mulher aparenta ter problemas psicológicos.

Uma vizinha das duas senhoras disse à polícia que a idosa confessou ter matado a irmã com as próprias mãos. A idosa, no entanto, negou o assassinato na delegacia na noite de ontem. Ela chegou a dizer aos policias que não acreditava que a irmã estava morta.

A polícia aguarda a liberação dos laudos periciais hoje para determinar as causas da morte. Segundo informações do delegado Emerson Gardenal, a idosa apresentava sinais de unhas no pescoço.