Brasília – Os ministros da Casa Civil, José Dirceu, da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, da Defesa, José Viegas e do Planejamento, Guido Mantega, reuniram-se ontem ao meio-dia, no Palácio do Planalto, para discutir a ampliação da lista de anistiados e do programa de indenizações a pessoas que sofreram sob o regime militar de 1964 a 1985. Da reunião participaram, também, o ministro interino da Fazenda, Bernard Appy; o secretário especial de Direitos Humanos, Nilmário Miranda; o advogado-geral da União, Álvaro Augusto Ribeiro Costa e o secretário-executivo do Ministério do Planejamento, Nelson Machado.