O secretário nacional dos Direitos Humanos, Paulo Sérgio Pinheiro, assina amanhã, no Rio de Janeiro, convênio que libera R$ 368,7 mil para o programa de proteção à testemunha no estado. O Rio tem hoje 80 pessoas protegidas. O secretário também vai assinar um convênio que garante funcionamento do Centro de Orientação e Apoio às Vítimas da Violência até junho de 2003. O Centro oferece orientação e acompanhamento psicológico e jurídico às vítimas e familiares de vítimas da violência. O total de repasse do governo federal é de R$ 250 mil.

A assinatura dos convênios será feita durante a I Conferência Estadual de Direitos Humanos, na Associação Brasileira de Imprensa (ABI), a partir das 9h. Participam da solenidade a governadora Benedita da Silva e a secretária estadual de Direitos Humanos, Wânia Sant?Anna.