A última noite de desfiles das escolas de samba do Grupo Especial, no Rio de Janeiro, produziu quase 142,8 toneladas de lixo na Marquês de Sapucaí, segundo dados divulgados ontem pela prefeitura. O total de resíduos removidos do sambódromo, após os desfiles de sexta-feira, sábado, domingo e segunda-feira é de 408,3 toneladas.

Ontem, 164 garis removeram 110,3 toneladas de resíduos da área interna do sambódromo. Para isso, contaram com o apoio de 19 veículos e equipamentos. Além disso, a Comlurb coletou 29,8 toneladas na área externa e 2,7 toneladas no Terreirão do Samba, uma área destinada a eventos. Os 70 catadores cooperativados retiraram também 21 toneladas de recicláveis.