Brasília – O assessor especial da Presidência da República, Carlos Alberto Libânio Christo, o Frei Betto, 60, deixará o governo Lula no final de dezembro, por motivos pessoais. A informação foi confirmada por sua assessoria, em Brasília. Nascido em Belo Horizonte (MG) em 1944, Frei Betto é frade dominicano e conhece o presidente Luiz Inácio Lula da Silva desde os anos 70. À época, Lula era um dos principais líderes sindicais na região do ABC (Grande São Paulo). Logo após a eleição de Lula, ajudou na elaboração do programa Fome Zero. Atualmente, trabalha como assessor do presidente. É escritor, autor de 48 livros, entre eles "Batismo de Sangue" (1982).